fbpx
Role para cima
©2022. Aigen Soluções Digitais

7 Mitos sobre TI - Especial Dia da Mentira

Por Juliana Sartori, Analista de Mídias

31/03/2022, 13h

Mitos sobre TI

Hoje, 1 de abril, é o dia popularmente conhecido como dia da mentira! Ao invés de pregar uma peça, vamos fazer a campanha contrária: selecionamos algumas mentiras famosas, do mundo do TI, e vamos desmistificá-las, para aproveitar a data e trazer mais conhecimento para você.

No texto, utilizamos diversos mitos, sejam popularmente conhecidos ou não, de tópicos que tem a ver com momentos antigos ou atuais da história, locais ou globais.

 Vem ver!

 

O Bug do Milênio

Se você nasceu nos anos 80, você provavelmente se lembra da virada dos anos 1999 para 2000, não é? Muitas pessoas acreditavam que a mudança do milênio traria mudanças e tragédias apocalípticas ao mundo, e… acredite, no mundo da programação, não foi diferente.

Apesar de um pouco exagerada, essa era uma preocupação real e com fundamentos, já que desde os anos 1960, os computadores utilizavam calendários com dois dígitos e na virada do ano, os dois dígitos voltariam para 00. O pânico estava na premissa de que a mudança poderia ser entendida pelas máquinas como uma volta para o ano de 1900 ou chegada no ano 19100 e isso poderia causar danos em processos comandados por máquinas.

Na prática, o Bug do Milênio causou algumas falhas ao redor do mundo em terminais de ônibus, testes médicos e datas de sites, mas foi só. 

 

HTML como linguagem de programação

Não, o HTML não é uma linguagem de programação. Isso porque não é possível criar funcionalidades dinâmicas com ele. O HTML é na verdade uma linguagem de marcação, com a qual os usuários podem criar e estruturar parágrafos, links e seções utilizando tags e atributos. 

É muito comum vermos por aí algo como “programação em HTML”, mas a verdade é que essa expressão está errada. Você já sabia disso?

 

Leap Second e o bug na programação

O Leap Second ou segundo intercalar é um fenômeno que ocorre de tempos em tempos. Esse fenômeno fala sobre a adição ou retirada de 1 segundo ao tempo do relógio, a fim de que ele esteja completamente alinhado à rotação da Terra, uma vez que ela sofre com algumas mudanças leves e cumulativas no tempo de rotação, de acordo com fatores naturais, como as marés, tsunamis ou movimento de seu núcleo interno (saiba mais aqui!).

Esse segundo adicional ou subtraído trouxe os mesmos medos que o Bug do Milênio: a medida “incorreta” do tempo poderia ser entendida como um problema, pelas máquinas, o que geraria confusão e falhas em sistemas, o que na prática não acontece.

 

Parcerias de Sucesso (?) 👀

Se você trabalha com programação há algum tempo, já deve ter recebido a proposta de desenvolver uma “ideia mirabolante” de graça, para que, se ela der certo, você tenha uma porcentagem da empresa e ganhe com os lucros. 

É… geralmente, elas não funcionam e você, programador, foi o único que perdeu (tempo e dinheiro) nessa invenção.

 

Desenvolvedores de WordPress não sabem programar

Muitas vezes, as pessoas que conhecem um pouco de programação e WordPress tem essa opinião, já que o WordPress apresenta temas prontos, que ajudam muito na hora da construção do site. Mas em contrapartida, limitam o que o programador pode fazer. Com isso, o site perde muito na personalização.

O que muitas pessoas não sabem é que é possível desenvolver em WordPress sem o uso de temas, e de maneira personalizada. Se utilizado dessa maneira, o WordPress une o melhor dos dois mundos: uma página desenvolvida de maneira totalmente personalizada e uma interface de fácil navegação e uso, por parte do usuário, o que facilita futuras manutenções, com uma melhor performance. 

Essa plataforma não apresenta também limitadores de uso, o que significa que ela pode ser utilizada para empresas de pequeno, médio e grande porte.

 

WordPress só funciona em blogs

Esse é mais um mito contado, sobre a plataforma. O WordPress oferece a instalação de uma extensão bem conhecida e segura, o WooComerce, que permite a criação de lojas virtuais a partir de um site desenvolvido ali.

Além disso, é possível também desenvolver sites institucionais sem blog integrado com o WordPress.

 

“Programar é uma profissão para homens”

Esse é um mito mais velho que a própria programação, quase. Não, a programação não é uma “profissão para homens” e não existe nem lógica para isso. 

A programação é um trabalho que exige atenção, atualização constante na área, pesquisa de solução de erros, conhecimento na lógica de programação e em linguagens modernas. Qualquer profissional que saiba desenvolver bem esses pontos será um ótimo profissional de programação.

Muitos dos mitos que comentamos aqui tem até uma lógica por trás, mas… Não são suficientes para sustentar esses pontos como verdades absolutas.

Por isso, te convidamos a repensar muitas premissas que você tem como verdade. Será que por trás delas, não está uma lógica muito fraca ou sem fundamentos?

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *