fbpx
Role para cima
©2021. Aigen Soluções Digitais

Papo Reto: A formação para além da sala de aula - Ep. 4

No quarto episódio do Papo Reto, convidamos nosso CEO formado em Sistemas da Informação, o Rafael, para contar um pouco mais sobre sua vivência trabalhando na área e também sobre sua experiência empreendendo: qual foi sua motivação, como começou e muito mais!

Por Redação

19/11/2021, 14h

empreender na programação

Você está para se formar e está na busca por um emprego bacana, em uma empresa legal, na área de programação… Ou então, já está em uma empresa bacana, programando… e talvez não seja bem isso o que você imaginou. Mas será que esse é o único caminho por onde você pode seguir?

Hoje, trouxemos um bate papo especial com o Rafael, o CEO da Aigen. Ele é formado em Sistema da Informação e depois de algumas experiências na área, trabalhando em empresas, o Rafa decidiu criar a sua própria empresa. Para trazer um pouco mais sobre essa experiência dele para você, nós fizemos algumas perguntas específicas. 

Confira abaixo e saiba mais sobre outra possibilidade para sua carreira e para sua atuação no mercado de trabalho!

 

A) O que te fez começar a empreender e o que isso mudou sua vida?

R) Foram vários motivos, mas o principal foi nunca concordar 100% com a política das empresas que trabalhei. O trabalho em sua grande maioria era engessado, sem dar valor nenhum às pessoas. O foco do meu empreendimento sempre foi e sempre será as pessoas (respeito, valorização, comunicação, compreensão e confiança), o restante é consequência positiva disso.

 

A) Qual foi/é seu maior desafio na jornada do empreender que te fez pensar em desistir da empresa? e o que te motivou a continuar?

R) Nunca pensei em desistir, mas a maior dificuldade foi no início, quando não tínhamos muitos clientes e o que me fez continuar foi a certeza que aquilo iria dar certo e que eu tinha potencial para fazer funcionar.

 

A) Qual o seu maior sonho para a Aigen?

R) Sempre continuar crescendo e nunca se acomodar. Meu maior sonho é que a Aigen seja reconhecida como uma empresa referência na área e que dê valor às pessoas.

 

A) Em relação a empreender, qual a parte que você mais gosta e qual a parte que menos gosta?

R) Gosto da liberdade de implantar a filosofia que acho certa e melhorá-la de acordo com a evolução da empresa. O que não gosto é um fator externo a nós: hoje, o Brasil não incentiva em nada as pequenas empresas, na verdade, até prejudica. Isso é um dos grandes pontos negativos de empreender pra mim. 

 

A) Se você pudesse voltar no tempo, o que você mudaria na sua trajetória? E o que você não mudaria?

R) Com certeza mudaria o jeito de lidar com pessoas (clientes e colaboradores). Ao longo do tempo de evolução da Aigen, esse foi um dos processos que mais mudaram (pra melhor). No início eu tinha o conhecimento técnico mas não tinha tanto conhecimento sobre isso, o que me fez dar alguns tropeços no caminho. Por mais que eu não tivesse muita experiência no dia a dia com os clientes e funcionários, sempre quis seguir a mesma linha de oferecer sempre o melhor para ambos. 

 

A) Para você, qual é o futuro da área de desenvolvimento?

R) A área de tecnologia muda constantemente e sempre é importante estar sempre atualizado e de olho nas tendências. Vejo muito futuro nas áreas de games e de inteligência artificial, que são segmentos que não param de crescer. 

Acredito que no futuro (ou presente), desenvolvedores de software não estarão apenas à frente de computadores, mas de quase todos os itens do nosso dia a dia (carros, eletrônicos, robôs, etc…)

 

Bacana, não é? Você ficou com alguma dúvida ou gostaria de saber mais? Mande uma mensagem para nós nas mídias sociais e responderemos assim que possível 🙂

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *